sábado, 24 de março de 2012

Chico Anysio, o ator

[Publicado originalmente no facebook - aqui.]

Nunca achei Chico Anysio engraçado. Não, pelo menos, na TV.

Chico criou personagens e bordões inesquecíveis, frutos de seu talento como ator, capaz de reproduzir em caricatura (vocal, inclusive) os mais diversos tipos populares que seu também notável poder de observação lhe oferecia. Isto, sem dúvida, me despertava alguma empatia; mas dificilmente uma gargalhada. Dificilmente, também, aquele sorriso contínuo e sereno de quem reconhece a comicidade sutil de uma situação real bem retratada.

Revejo hoje seus quadros, e não tenho dúvidas: lá estão personagens marcantes, tentando compensar com seus trejeitos um texto que nunca lhes chega à altura. Talvez por isso, aliás, sejam ainda tão marcantes. Os personagens de Chico sempre sobressaíram mais que suas piadas. Eu me lembro bem do Jovem, do Coalhada, do Bento Carneiro, e de seus bordões, mas de nenhum quadro específico de qualquer um deles. Não vou mencionar o mais famoso, o Professor Raimundo (um tipo tão bem interpretado quanto sem graça), porque este servia apenas de trampolim para a piada alheia. Mas o Chico autor e seus roteiristas nunca alcançaram em conteúdo - ainda que popular; ainda que televisivo - a qualidade do Chico ator e de sua galeria de tipos.

Quem o viu recentemente no cinema, seja atuando (em "Se eu fosse você 2") ou dando seu testemunho histórico (no documentário sobre Wilson Simonal), pode ter uma dimensão um pouquinho melhor do seu talento interpretativo e de seu poder de observação, tanto mais divertidos quanto mais explorados em situações fictícias ou reais de maior consistência.

O Brasil não perdeu um "mestre do humor". Perdeu foi um mestre da interpretação e da criação de personagens, além de um bom contador de histórias. Mas é tão raro no país um ator criativo, polivalente, trabalhador, generoso, inteligente e com senso de humor apurado que até ele mesmo se acreditou, em termos cômicos e autorais, um exemplo de humorista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário