terça-feira, 3 de abril de 2012

O futuro do peido

[Publicado originalmente no facebook - aqui.]

O jornalismo segundo O Globo (e toda a imprensa esquerdista) é assim:

- Se Barack Obama é flagrado sussurrando aos russos que reduzirá o arsenal de defesa dos EUA quando for reeleito, a notícia é de uma simples "conversa indiscreta" (uma espécie, digamos, de bate-papo sobre mísseis, no banheiro do Big Brother).

- Se o pré-candidato de oposição Rick Santorum gagueja no meio de um discurso, a notícia é de "ofensa racista" a Barack Obama! (Sim, porque uma letra "n" perdida nas palavras de Santorum é o suficiente para que os videntes obamistas o acusem de chamar o presidente de "nigger").

Em suma: a promessa de abrir as pernas do país aos seus inimigos é mera indiscrição; mas gaguejar, ah, isso só pode ser racismo!

É por isso que eu digo: cuidado com as flatulências, senhores. Mais um pouco, e o peido vira crime de ódio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário