domingo, 24 de fevereiro de 2013

10 obviedades

[Publicadas originalmente no facebook - aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.]

Melhor brincar de gado só em bloco de carnaval do que viver o ano inteiro seguindo o rebanho.

******

Se você não se importa de ter sido educado por manipuladores, não reclame de ser governado por ladrões.

Quem nada faz para extirpar o mal de si é sempre cúmplice do mal alheio.

******

[Traduzindo:

Se você não se importa com as mentiras que lhe infundem na cabeça, não reclame da piroca que lhe enfiam no cu.]

******

O brasileiro de hoje é uma alma sensível a palavras reacionárias num corpo insensível a estupros revolucionários.

******

Entre a verdade e a mentira, quem escolhe o meio termo é o covarde. O idiota escolhe a mentira, que é mais curta.

******

No Brasil, o meio termo é sempre de esquerda.

******

Obama proibiu seu novo chefe de gabinete, Denis McDonough, de ir de bicicleta para a Casa Branca, por questões de segurança. Político de esquerda, como até o Sarney sabe, deve andar de carro blindado, com seguranças armados, enquanto desarma a população.

******

A mídia do mundo inteiro quer fazer com a Igreja Católica o que fez com a nação americana: colocar em seu comando um socialista infiltrado que a detesta, para pedir desculpas à humanidade por tudo que a própria mídia diz que ela fez.

******

Em homenagem à mídia mundial que quer um Papa a favor do aborto, da camisinha, da pílula do dia seguinte, do casamento gay, da legalização das drogas e, quem sabe, do genocídio jamais por ela noticiado de 150 mil cristãos por ano pelo famigerado "crime" de serem cristãos, convido todos vocês para o lançamento da campanha:

"Eu quero que o goleiro do Fluminense seja o presidente do Flamengo."

******

Debochar de esquerdistas revolucionários é dizer "Vão se foder, seus filhos da puta!" de uma maneira mais divertida.

Mas lembre-se: às vezes, é preciso ser direto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário